Você sente vontade de tirar um ano sabático para reorganizar a sua vida? Quer saber como aproveitar melhor esse período? Confira agora como pode ser a sua experiência em Inkiri Piracanga.

Está cada vez mais comum trabalhar freneticamente e estressado, sem conseguir tirar um tempo para cuidar de si. Vivemos tão imersos nessa correria, que se quer conseguimos parar para nos observar e refletir se estamos fazendo o que realmente desejamos. Com isso, acabamos presos em um ciclo perigoso, que pode estar nos afastando de nossos verdadeiros sonhos e valores.

Romper com isso não é fácil, mas, além de possível, pode ser muito necessário. Foi isso o que a consultora de sistemas Rosemeire Ruiz de Oliveira percebeu no começo de 2017, quando decidiu pausar a sua rotina e iniciar um ano sabático para realinhar o seu propósito de sua vida.

Ano sabático
Participantes dos programas de Imersão em Inkiri Piracanga

 

No terceiro mês de seu ano sabático, Rosemeire chegou em Inkiri Piracanga convicta de sua escolha. Durante uma roda de partilha da programa Escola de Serviço Inkiri, imersão em que estava inscrita, ela anunciou aos companheiros: “Decidi romper. Agora tenho clareza de que não quero mais a vida que levava. Percebi que minha profissão não está mais alinhada aos meus valores. Vou ressignificar isso”.

Ano sabático
Rose servindo no Centro de Permacultura

Rose veio para Inkiri Piracanga por ver o lugar como um portal para experiências de consciência ecológica, comunitária e espiritual. “Queria me experimentar em situações novas. Eu morava sozinha em um apartamento de dois quartos na região da Avenida Berrini (área nobre de São Paulo) e senti o chamado para viver na natureza, provar a vida em comunidade em uma casa compartilhada por 11 pessoas, sem geladeira”, recorda.

Durante a Escola de Serviço, Rose pôde manifestar seus dons e talentos no Centro de Permacultura, junto à natureza, no Ateliê Inkiri e no setor de T.I. (Tecnologia da Informação) do Centro Inkiri, onde despertou para a ressignificação de sua vida profissional.

Viver uma experiência junto à Comunidade Inkiri Piracanga tem se tornado cada vez mais comum na programação do ano sabático de muitas pessoas. Por isso resolvemos fazer esta matéria.

O que é o ano sabático?

A expressão “ano sabático” se origina da palavra “shabat”, termo judaico que designa o dia de descanso para os judeus, que ocorre entre sexta-feira e o sábado. Para os judeus, esse é um momento religioso de parar de trabalhar, assim como Deus fez no sétimo dia quando terminou de criar o mundo. O shabat também faz uma referência ao momento que o povo judeu foi libertado da escravidão no Egito.

Então, nesse dia todos pausam a sua rotina para descansar, deixar as preocupações de lado e celebrar a sua liberdade. Foi a partir desse sentido que surgiu o “ano sabático”, um período em que nos desprendemos da nossa rotina habitual para poder ter outras experiências.

Ano sabático em Inkiri Piracanga

Seja como um ponto de partida ou como um destino final, passar por Inkiri Piracanga durante o seu ano sabático costuma ser ótimo para dar mais clareza sobre si próprio e suas escolhas de vida. Além da beleza e da paz do lugar, aqui ocorrem muitas vivências, cursos e terapias que promovem o nosso bem-estar e o encontro consigo mesmo. Para Pedro Camilo, guardião da Comunicação da Comunidade, esse fenômeno não é por acaso.

“Por algum tempo o período sabático esteve associado a curtir a vida, viajar muito, fazer tudo aquilo que você não podia fazer na sua vida ‘normal’, com a visão dual de que ou você vive feliz ou você trabalha. Mas hoje em dia as pessoas estão buscando o sentido da vida e querendo integrar a realização no seu cotidiano. Assim, o período sabático começou a deixar de ser uma fuga da vida para ser uma oportunidade justamente de poder retornar para a própria vida”.

Com isso, estas diversas experiências que Inkiri Piracanga oferece acabam sendo novas ferramentas de vida que o participante pode colocar em sua bagagem. São aprendizados relacionados ao autoconhecimento, espiritualidade, sustentabilidade, educação, arte e vida em comunidade. Isso vale tanto para os programas de imersão, cursos e retiros mais longos, como também para as experiências mais pontuais, como o reiki, a leitura de aura, massagens, palestras, ou até mesmo a alimentação vegana.

“A experiência do sabático possibilita que a pessoa tenha um contato mais profundo com ela mesma e encontre as suas verdades. Ao abrir-se para conhecer outras formas de vida, ela amplia o seu mapa mental e passa a compreender outras perspectivas”, explica Rose. Um ano depois, ela retornou para Inkiri Piracanga com sua visão de mundo transformada para fechar seu período sabático antes de retornar para São Paulo, depois de também ter passado por vários países da Europa.

Saindo do automático, vivendo com mais consciência

Ano sabático

A vida em Inkiri Piracanga trouxe mais consciência para Rose e a ajudou a conectar as suas ações externas com o que sentia internamente. Ela conta que conseguiu sair do “automático” e passou a se sentir mais conectada com o mundo. “Na cidade, eu vou ao mercado e compro um frango numa bandejinha de isopor e depois de consumir jogo a bandeja no lixo. É como se o ciclo começasse no mercado e terminasse no lixo. Isso é uma ilusão. No fundo sabemos que todo o processo vai muito além, mas não queremos olhar para aquilo”, afirma Rose.

“Em Inkiri Piracanga me senti verdadeiramente inserida no ciclo completo, como parte de um sistema complexo. Aqui você não se livra do problema ao descartá-lo, você precisa dedicar energia, você tem que olhar para aquilo, entender como funciona e se integrar conscientemente. Você separa os resíduos e dá a destinação correta para que eles possam continuar a fazer parte deste ciclo”, exemplifica.

São em situações aparentemente pequenas como descartar o lixo que, segundo Rose, grandes transformações acontecem durante um ano sabático. “Desta maneira, você começa a mexer com as causas dos problemas e passa a alterá-las. Você vive o processo como um todo e não apenas como um fragmento. Você é parte consciente do ciclo e isso muda os seus valores de vida, muda o que você realmente acredita”, diz. Ao retornar para a sua rotina, você volta com uma visão ampliada e percebendo melhor qual é o seu papel diante das necessidades do mundo.

Devo incluir Inkiri Piracanga no meu ano sabático?

O cenário é realmente paradisíaco: Bahia, casas com telhado de piaçava, um rio que corre paralelo ao mar, coqueiros, redes, floresta, muita consciência ecológica, terapias holísticas e danças circulares. Mas quem vem para cá em busca de um clube de férias no paraíso acaba se frustrando rapidamente. Pedro conta que é importante antes de planejar vir para cá, que o viajante investigue se é isso mesmo que está buscando.

“A matriz em Inkiri Piracanga é muito forte, seja se olharmos apenas o aspecto cultural, ou mais amplamente em planos mais sutis. É uma matriz voltada para o autoconhecimento e transformação, então tudo aquilo que não queremos olhar para nós vem a tona e não tem para onde fugir. O ponto positivo é que quem está pronto para se desenvolver e disposto a se responsabilizar por tudo o que acontece na sua vida acaba ganhando ferramentas e mais clareza sobre como lidar com as adversidades. Claro, que tudo isso acolhido por um cenário maravilhoso tende a tornar a experiência muito mais agradável”.

Pedro explica também que a experiência é muito única para cada participante, não tem uma fórmula pronta. “O que acontece aqui é uma forte ressignificação de muitos conceitos. Isso não quer dizer que a pessoa vai mudar tudo na vida dela. Algumas sim, pois acabam descobrindo que não estavam vivendo o que deveriam. Outras acabam voltando para sua vida ‘normal’, sem mudar quase nada, a não ser o olhar sobre o que vive. E a experiência segue na vida de cada um. Passar por aqui não é um final feliz, mas sim um período inspirador e transformador para encarar a vida como uma grande viagem em busca de si mesmo.”

Como se preparar para o ano sabático

No início de sua jornada será necessário ter clareza dos passos que você quer dar. Normalmente, o trabalho de autoconhecimento começa antes mesmo do seu período sabático:

  • Reconheça suas principais motivações 
  • Avalie os seus valores pessoais
  • Entenda onde você está e aonde você quer chegar com o período sabático
  • Saia do campo do devaneio e das projeções e alinhe-se com a realidade
  • Observe quais são as crenças que te limitam
  • Abre-se para as oportunidades de conhecer o novo
  • Entre no campo prático e planeje-se, inclusive financeiramente

É preciso ser bastante prático para fazer um movimento como este. Não adianta jogar tudo para o alto e achar que fugir dos problemas ou do estresse vai ser a solução dos seus problemas. Então é importante respirar fundo e dar um passo de cada vez. Busque sempre ter clareza da sua intenção e mais leveza nas suas escolhas diárias. Assim será muito mais fácil estar presente em suas experiências e viver um ano sabático incrível.

26 comments to “Ano sabático: fuga da vida ou retorno para si?

  1. Quero muito participar da Aldeia de Sabedoria. Infelizmente tenho compromisso na data que vcs estipularam. Se ouver outra data do mesmo, por favor, me contactem. Obrigada!

  2. Boa tarde, tenho interesse em conhecer vocês, tenho 64 anos e tenho a culinária vitalizante como atividade e interesse.
    Gostaria de maiores detalhes de como me inserir em algum dos seus programas.
    Agradecida!

  3. Estou tentando me conhecer não passo um bom momento gostaria de saber mais sobre o encontro de 16de agosto

  4. Oi Sergio! No dia 16 de agosto temos 4 retiros começando, em qual deles você se interessa? Se preferir podemos conversar pelo inbox do facebook, você nos encontra lá na rede como Inkiri Piracanga

  5. tenho pensado em 1 ano “sábatico”
    não defini onde? e o que fazer ?
    Apreciar de longe aquilo que não dou conta ou não realizei?

  6. Tenho interesse, sou da área de saúde e faço Alimentação Viva, preciso muito de retiro,faço tratamentos.Preciso saber valores para me organizar

  7. Oi Ana Lúcia!
    Que bacana!
    Olha, se você está buscando por algo relacionado a este texto, como um período maior para você ficar por aqui, recomendamos os seguintes (vou deixar os links, assim você clica e tem mais informações:
    Escola de Serviço Inkiri – de 3 a 31 de julho (https://piracanga.com/eventos/escola-de-servico-inkiri/)
    Escola da Natureza Inkiri – de 16 de agosto a 11 de outubro (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-escola-da-natureza-inkiri/)
    Escola de Serviço Inkiri – de 16 de agosto a 11 de outubro (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-escola-de-servico-inkiri/)
    Aldeia da Sabedoria – de 16 de agosto a 12 de setembro (para maiores de 50 anos) (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-aldeia-da-sabedoria/)

    Mas neste link aqui você pode ver todo o nosso calendário de eventos, tanto aqui, como pelo Brasil e pelo mundo >> https://piracanga.com/cursos-e-retiros/

    Qualquer dúvida é só nos dizer!
    Com amor!

  8. Oi Tamara,
    o nosso contato de atendimento por enquanto é feito apenas por aqui, por e-mail e pelo facebook.

    Se quiser conversar um pouco melhor, manda um inbox no nosso facebook para tirar as suas dúvidas!
    Com amor

  9. Que bacana!
    Você tem interesse em qual programa?
    Escola de Serviço Inkiri – de 3 a 31 de julho (https://piracanga.com/eventos/escola-de-servico-inkiri/)
    Escola da Natureza Inkiri – de 16 de agosto a 11 de outubro (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-escola-da-natureza-inkiri/)
    Escola de Serviço Inkiri – de 16 de agosto a 11 de outubro (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-escola-de-servico-inkiri/)
    Aldeia da Sabedoria – de 16 de agosto a 12 de setembro (para maiores de 50 anos) (https://piracanga.com/eventos/programa-de-imersao-aldeia-da-sabedoria/)

    Com amor,

  10. Oi Geni, você já entrou em contato com algum dos programas de imersão?
    Enfim, essas são as próximas opções que temos dos programas (que estão no final deste texto do blog). Dá uma olhadinha em qual tem mais a ver com o que você está buscando.
    Daí o próximo passo é você enviar um e-mail para se inscrever.
    Se tiver alguma dúvida entre qual dos programas fazer, é só nos dizer.
    Com amor

  11. Que legal Maria! Começou a sua busca.
    Se você sentir que quer incluir na sua programação um período por aqui, escreve pra gente!
    Com amor,

  12. Oi pessoal
    Esse site é mesmo surpreendente, queria dar os parabéns pelo trabalho de vocês.
    Sempre é bom obter novos conhecimentos, obrigado 😉

  13. Amei o texto!
    Um processo desafiador e libertador!
    Gostaria de saber quando será a primeira turma da Escola de Serviço em 2018! Quero que faça parte do meu período sabático esse projeto inspirador!

  14. Estou me programando para ir no carnaval. Preciso de todos os pormenores para aproveitar o máximo esse tempo de estadia, com cursos práticos e o valor do investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.