Você sabe o que são os ODS? Descubra agora o que isso tem a ver com ecovilas como Inkiri Piracanga.

ods  ods

O que são os ODS

Todos sabem que tornou-se urgente a transição para um modelo de vida mais sustentável. Por isso, em 2015 as Nações Unidas colocou em vigor “A Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”, que é um plano de ação para as pessoas, o planeta e a prosperidade. A agenda busca dar diretrizes ao desenvolvimento global e orientar as políticas públicas nos próximos anos. 

Uma das formas pela qual ela faz isso é através dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ou ODS, como são bastante conhecidos. Os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável são um conjunto integrado e indivisível de prioridades globais para o desenvolvimento sustentável. Estabelecem metas sociais, limites ambientais e indicam patamares naturais críticos para o uso dos recursos naturais. 

Tudo isso está organizado dentro de diferentes pontos. São eles:

17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

ods

Cada um aponta para um tema e traz um norte para as nossas práticas. Mas, por mais que estejam organizados em diferentes pontos, todos os objetivos dialogam e buscam o mesmo: materializar a regeneração da vida na Terra. Sendo assim, não tem como falar sobre os ODS e não pensar nas ecovilas. Confira agora o motivo!

O papel das ecovilas

Os ODS foram criados porque tornou-se inadiável fazer a transição para um novo modelo de vida que de fato se desenvolva de forma saudável e integrada. Implementar esse novo modo de existência é exatamente o que fundamenta as ecovilas, cada uma a sua maneira. Por isso, as práticas que ocorrem em muitas ecovilas não só estão bastante alinhadas com diversos pontos dos ODS, como também aparece em evidência na ODS 11 CIDADES E COMUNIDADES SUSTENTÁVEIS, que busca tornar as cidades e os assentamentos humanos inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis. 

As Ecovilas são experiências de comunidades multifuncionais, intencionais e tradicionais, rurais e urbanas, dedicadas a criar e demonstrar a prática da regeneração em diversas áreas: social, ecológica, econômica e cultural. 

Enquanto inovações sociais transformadoras, elas estão experimentando novas formas de vida, mais harmônicas e integradas. Buscam equacionar qualidade de vida com baixo consumo e baixo impacto ambiental, indicando caminhos para novas formas de se viver. Estes grupos estimulam a resiliência, o aprendizado de novas habilidades e o engajamento social na construção de uma nova socialidade. 

Sendo assim, geralmente elas cultivam uma série de hábitos que estão inseridos nos ODS. Procuram partir do diálogo para tomar decisões de forma participativa, utilizar fontes de energia renováveis e recursos locais para minimizar sua pegada ecológica, cultivar alimentos orgânicos, e desenvolver negócios sociais responsáveis, para impulsionar a economia local sem extrapolar os limites ambientais. 

ODS e Inkiri Piracanga

A Comunidade Inkiri se tornou referência em sustentabilidade a partir do cultivo de hábitos e de um estilo de vida integrado e participativo. Nossa inspiração é que todas as pessoas consigam transformar o seu mundo, independente de onde estiverem.

Ações internas

Aqui dentro nós assumimos uma série de acordos para praticar isso diariamente. Entre estes acordos, estão:

  • uso de energia solar
  • construções de baixo impacto
  • preservação, cuidado e regeneração da mata que ocupa mais de 80% da área da ecovila, incluindo uma zona de manguezal
  • gestão de resíduos e trabalho para minimizar a sua geração
  • adoção do saneamento ecológico
  • manejo florestal, direcionado para o incremento da biodiversidade
  • preferência pelo uso de matérias primas locais para os projetos de alimentação e construção
  • promoção do bem estar e melhoria da nutrição
  • desenvolvimento individual e coletivo através de trabalhos de autoconhecimento facilitados nos cursos, retiros e imersões
  • redução do desperdício de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento com o reaproveitamento através da culinária criativa
  • oferta de uma alimentação vegetariana estrita
  • comércio local de produtos oriundos da agricultura familiar, artesanais e à granel, adquiridos em grande escala, reduzindo assim o consumo de embalagens
  • incentivo à produção e ao consumo de alimentos orgânicos, bem como a economia local, priorizando os fornecedores da região, 
  • separação dos resíduos, evitando liberar para o ar, água e solo os resquícios de produtos industrializados que eventualmente possam vir a ser necessários
  • uso de produtos biodegradáveis que sejam suficientemente seguros para preservação do lençol freático e para o sistema de tratamento natural da água
  • consumo consciente e reaproveitamento de roupas através de brechó
  • uso de uma moeda local para organizar e promover a economia local de forma limpa, uma vez que só é utilizada para comercializar produtos comprometidos com a preservação da natureza e livres de sofrimento animal. 

ods  ods

Ações em expansão

Além disso, considerando que a relação com o mundo é fundamental, a Comunidade Inkiri busca promover uma integração com outras comunidades. Além dos empregos gerados nas atividades realizadas aqui, hoje também conseguimos compartilhar as nossas conquistas com aqueles que vivem na mesma região. Há dois anos, oficializamos estas práticas através das ações do Instituto Inkiri. E, hoje, o projeto Impacto Inkiri é responsável pela expansão destas práticas socioambientais. Algumas destas ações são:

  • promoção do turismo sustentável, gerando empregos e promovendo a cultura local.
  • assistência técnica e financeira por meio de microcrédito aos produtores da região.
  • colaboração para o desenvolvimento agrário sustentável na comunidade de Maçaranduba através do modelo de CSA (Comunidade que Sustenta a Agricultura)
  • incentivo a educação inclusiva e criação de uma biblioteca
  • trabalho na melhoria na distribuição de água, que também é cuidada com o uso de produtos biodegradáveis. 
  • empoderamento de mulheres agricultoras através do projeto COM-Fio, que promove a transformação e criação de suas realidades através de encontros artísticos para o desenvolvimento de produtos artesanais, criando espaços de acolhimento, escuta e partilha. 

ods  

Ao olhar para todas essas ações, identificamos como de fato hoje estamos contribuindo para o cumprimento dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. 

Nós vemos que, no âmbito local, experiências inovadoras como as Ecovilas têm muito a contribuir para a transição planetária para um modelo de desenvolvimento sustentável. Percebemos que os padrões que adotamos em Inkiri Piracanga servem de referência tanto para ambientes naturais, quanto urbanos. 

Percebemos que as nossas ações estão integradas com os ODS e seguem apontando e iluminando um lindo caminho. Então, desejamos que esse texto sirva de inspiração para todos que, assim como nós, têm esperança na Humanidade. Como vimos, os ODS surgiram para nos orientar a direcionar as nossas ações para o desenvolvimento sustentável, mas somos nós que temos a energia necessária para transformar o nosso mundo.

 

Quer saber mais sobre como estamos implementando os 17 ODS na prática?

Confira nosso E-book! Download gratuito pelo link:
http://bit.ly/relatorio-impacto-inkiri-2019