No segundo post da série que mostra como a energia feminina se faz presente em Inkiri Piracanga e a importância das mulheres tanto na criação da Comunidade Inkiri quanto na construção do dia a dia do Centro Inkiri, contamos a história de Angelina Ataíde, que deu início ao Sonho Inkiri e tem se dedicado à sua materialização.

Foto de Angelina Ataíde facilitando o curso de Animal Totem para crianças

A alimentação é um aspecto naturalmente ligado ao feminino. É só observarmos que, antes mesmo de nascermos, somos nutridos através do cordão umbilical de nossas mães. E é com esse gesto tão importante quanto fundamental para a vida humana que Angelina Ataíde cuida dos sonhos. Tanto os dela, quanto os dos outros. Tanto é que foi de um deles, que permaneceu vivo em sua memória desde que era uma garotinha, que Inkiri Piracanga veio a se tornar realidade.

Angelina se dedica ao trabalho de autoconhecimento e transformação da sociedade há muitos anos, desde que vivia em seu país de origem. Em Portugal, antes de seguir em direção à materialização do grande sonho da sua vida, conduzia um centro holístico no qual era professora de Reiki e de Leitura da Aura.

Foto de Angelina AtaídeA fundadora da Comunidade Inkiri sempre confiou nas informações que chegam a nós através do universo dos sonhos. E recorda que, ainda criança, teve um em que nadava em águas cristalinas e era levada por golfinhos até uma praia maravilhosa, onde havia um rio e um lugar de natureza exuberante. Ao chegar à terra firme, sentiu um êxtase muito forte. E foi aí que o sonho, naquela época, terminou.

Já adulta, ao lembrar deste sonho, Angelina ouviu de um xamã com quem estudava: “Este é o lugar onde você vai passar todo o restante da sua vida. Ao encontrá-lo, deixe tudo e vá para lá”. E, mais uma vez, guardou a informação em sua memória. Desta vez esquecida. Anos depois, no início de 2003, enquanto fazia um passeio pelo Brasil, foi tomada por lágrimas ao perceber seu sonho de infância se tornar realidade.

Na Praia de Pipa (RN), Angelina realizou uma parte: nadar com golfinhos. Ao estender sua viagem até Itacaré (BA) para visitar um amigo, soube de um lugar muito bonito na região, que tinha acesso apenas pelo mar. E, ao chegar ao local, recebeu a notícia de que o barco não podia atracar na praia. Que, para chegar até ela, teria que ir nadando.

Angelina conta que não teve dúvidas: pulou na água. Ao sair do mar, deu alguns passos até avistar o rio Piracanga e começar a chorar. Era ele: o lugar dos seus sonhos!

A Comunidade e o Centro Inkiri nasceram da intuição de Angelina. Se materializaram a partir da sua atitude de comprar um terreno de uma fazenda abandonada, junto a alguns amigos que se sentiram tocados pelo projeto, e seguir alimentando sonhos. Ao longo de 15 anos, desde o dia 7 de abril de 2003, vêm possibilitando que diversas pessoas que passam por Inkiri Piracanga também entrem em contato com seus sonhos mais profundos para, um dia, torná-los realidade.

Depois que Angelina fundou Inkiri Piracanga, o seu trabalho se potencializou e tem ajudado muitas outras pessoas. Atualmente, além de ser conselheira da Comunidade Inkiri, Angelina é terapeuta, ministra cursos de autoconhecimento e palestras. Aos 56 anos, segue liderando movimentos para que as pessoas possam ser livres e, assim, consigam criar as bases para realizar seus sonhos.

Foto da Comunidade Inkiri ao redor de Angelina Ataíde

A Comunidade e o Centro Inkiri são infinitamente gratos pela existência e dedicação de Angelina. E a Comunicação Inkiri deseja em nome deles que a sua luz brilhe cada vez mais forte. Um grande viva a Angelina! 🙌🏻✨🎉

Fizemos nosso melhor para contar uma história que, assim como todas, é muito mais interessante de ser ouvida da boca da própria protagonista. E, já que é assim, conta para a gente: você já vive o grande sonho da sua vida?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *