Mais que uma tendência, uma necessidade: no post a seguir daremos dicas para reconectar-se, em tempos de pandemia e confinamento, com a harmonia da natureza e buscar um pouco do conforto externo levando-o para dentro do lar.

Conexão com a Natureza

Que estamos passando por um dos momentos mais críticos da história contemporânea todos já sabemos. No entanto, no meio dessa grande crise sanitária existem outros problemas – surgidos em decorrência da própria pandemia – que acabam ficando em segundo plano, sendo por vezes menos comentados do que realmente deveriam ser.

Um desses problemas é o efeito negativo que o confinamento e a quarentena tendem a causar no confinado, afetando sua saúde mental e elevando o nível de estresse e de ansiedade dentro do nosso local (que deveria ser) de relaxamento. Além disso, sentimos cada vez mais a necessidade de sair por aí e exilar-se em algum lugar distante, calmo, longe da agitação das grandes cidades e que esteja em contato com a natureza. 

Porém, nem sempre estar próximo a natureza precisa ser sinônimo de se isolar num local remoto ou acampar numa praia; às vezes, pequenas mudanças em nosso lar já podem fazer uma grande diferença e refletir um pouco mais da calmaria e da tranquilidade que ambientes naturais emanam, colaborando para elevar o astral dentro do nosso lar e auxiliar na prevenção de qualquer distúrbio que o isolamento possa causar.

Pensando nisso, resolvemos trazer algumas dicas de como se conectar ao exterior e trazer um pouco dessa aura natural para dentro de casa, dando sugestões dessas pequenas grandes mudanças que podemos fazer para tornar nossa residência um ambiente de relaxamento, conforto e segurança. Eleve o ambiente por meio de:

Aromas:

Existem poucas sensações melhores que a de entrar em um ambiente bem perfumado! 

Aposte no uso de difusores, incensos, velas perfumadas, óleos essenciais e outros para elevar o ambiente por meio de odores. Além de perfumar o ambiente, alguns aromas naturais em específico são conhecidos por suas propriedades terapêuticas, indo desde deixar o ambiente mais leve até auxiliar no sono durante a noite. 

E variedade de aromas é o que não falta! Sendo a aromaterapia umas das queridinhas do momento, é relativamente fácil encontrar um aroma que combine com você, podendo ele replicar o odor de flores, frutas, madeiras nobres, especiarias ou outras plantas aromáticas.

Decoração:

Um ótimo meio de trazer a natureza para dentro é dar um toque rústico para a casa por meio de uma decoração com foco em elementos naturais, transformando o lar em um ambiente charmoso e relaxante. 

Pode-se trazer a natureza para dentro, literalmente, através de revestimentos, mobílias e objetos naturais ou que imitam materiais naturais, como madeiras e pedras. Mas pode-se, também, trazer a natureza de forma indireta, utilizando-se de tecidos, cores in natura, artesanatos ou mesmo estampas que replicam imagens da natureza.

Uma outra dica é apostar em retratos, quadros e lembrancinhas, seja para lembrar de tempos em que o contato com a natureza era maior, seja para mentalizar os próximos passos com o fim da quarentena, ou seja mesmo para relembrar um pouco de cada experiência no “mundo exterior”, revitalizando as nossas memórias e contribuindo para o fortalecimento do nosso espírito.

Hortinhas:

Engana-se quem pensa que jardinagem fica só para quem tem quintal! Claro que para estes as possibilidades são bem mais amplas, porém quem vive em meio ao concreto também pode ter seu momento ao sol: alguns vegetais são tão possíveis de se plantar em apartamentos quanto em casas com jardim. Dentre eles, constam o alface, a acelga, o tomate-cereja, a mini-pimenta, o manjericão, a cebolinha, a hortelã e até pequenas frutas como o limão, a pitanga e a jabuticaba.

Ou seja, além da própria atividade de jardinagem – que é terapêutica por si só -, você ainda pode se beneficiar de uma alimentação caseira e orgânica, trazendo o bem-estar da natureza não só para dentro de casa, mas para dentro de você também.

Plantas:

É claro que não deixaremos de falar da maior moda do momento né? Se tem mais um espaço livre, cabe mais uma planta! 

Apesar de muitas vezes sintetizada na tendência de urban jungle – ou selva urbana – a presença de plantas dentro de um ambiente caseiro é extremamente versátil, tanto pela variedade de espécies botânicas quanto pela possibilidade de posicionar plantas nos mais diversos cômodos dentro de uma casa.

Dentre o universo das plantas, existem tantas variáveis (dentre elas, necessidade de água, de luz, de espaço) que dar match com alguma espécie em particular não é uma tarefa nada difícil. Além disso, sempre existe uma planta perfeita para aquele cantinho que você reservou para colocar algum novo objeto de decoração – seja na varanda, na cozinha, no banheiro ou até mesmo na parede, com os jardins verticais. Dentre as espécies mais conhecidas por se adaptarem bem dentro de casa, estão: cactos, suculentas, bonsais, costelas-de-adão, espadas-de-são-jorge, orquídeas, violetas, e muitas outras.

Lembrando que é sempre possível desenvolver um jardim interno com a ajuda de empresas especializadas em paisagismo, te auxiliando a planejar e montar uma seleção de plantas de acordo com sua vontade e sua disponibilidade. O importante é deixar o verde se espalhar pela casa!

Produtos sustentáveis:

E, para finalizar, nada mais em contato com a natureza que produtos eco-friendly, certo?

Apesar da recente forte tendência para o consumo de alimentos orgânicos, sustentáveis e vegano/vegetarianos, a utilização de produtos amigáveis para o meio ambiente não precisa parar por aí: pequenas mudanças já são grandes mudanças. 

Com um mercado ecológico crescente, cada vez mais surgem novas alternativas sustentáveis para grande parte dos produtos utilizados no dia-a-dia. Em nosso blog já falamos um pouco sobre alguns desses produtos naturais, como desodorantes, cosméticos e produtos higiênicos. Porém, essa onda sustentável ainda se estende para muitos outros produtos, existindo hoje também alternativas como escovas de dente feitas de bambu, cotonetes de papel reciclado, embalagens biodegradáveis, móveis de madeira reciclada e muito mais!

E aí, vamos trazer um pouco lá de fora para dentro de casa? 🙂