Alguns dos principais focos da Comunidade Inkiri são o autoconhecimento, a sustentabilidade e a regeneração, tanto no âmbito pessoal quanto no coletivo. Começando na escala local para, assim, alcançarmos a global. Em parceria com a Maha Teia, produzimos um vídeo ensinando como fazer desinfetante ecológico caseiro reaproveitando cascas de laranja e limão.

A partir de um olhar para a maneira como cuidamos da limpeza da nossa casa e do nosso local de trabalho, chegamos ao verdadeiro cuidado com nós mesmos e com o planeta. Membro da Comunidade Inkiri, criadora da Plante! Inkiri e guardiã do Templo das Águas, em Inkiri Piracanga, Juliana Faber tem o cuidado com as águas, internas e externas, como um propósito de vida. Juli, como é conhecida, nos explica a importância dessa prática cuidadosa e o passo a passo do feitio do desinfetante caseiro a partir do reaproveitamento de cascas de laranja e de limão. Assista no vídeo abaixo!

Materiais necessários

  • Vinagre;
  • Bagaço de cítricos (cascas de laranja e limão);
  • Cravo (pode ser substituído por plantas cheirosas, como manjericão, ou óleos essenciais);
  • Pote reutilizado de vidro;
  • Borrifador (opcional).

Passo a passo simples

Alinhada com os ideais da Comunidade Inkiri, a Maha Teia fica no bairro de Perdizes, na cidade de São Paulo. O espaço tem o propósito de inspirar as pessoas para novas práticas. Faz isso utilizando a arte e o autoconhecimento como condutores do processo de ensino e aprendizagem (clique aqui para saber mais sobre a parceria).

Gostou da dica? Acesse a pesquisa que preparamos para entender como podemos nos comunicar melhor com você e conte para a gente o que mais quer saber. Leva menos do que 1 minuto!


Foto da Juliana Faber dentro do Rio Piracanga, parte da série Mulheres Inkiri: voz em mãosJuliana Faber se dedica a sensibilizar as pessoas da conexão profunda entre as plantas e as nossas Águas. A Educação Ecológica, Permacultura, a produção de cosméticos e outros produtos naturais são as formas de manifestar essa conexão. Viveu em Institutos de Permacultura (IPEP-Instituto de Permacultura da Pampa e IPEC- Instituto de Permacultura do Cerrado) por sete anos e praticou com grandes nomes da Permacultura, irradiando por cursos e vivências o que tem vivido. Na Comunidade Inkiri criou a marca Plante!, de produtos de higiene pessoal e limpeza biodegradáveis, e onde é guardiã do Templo das Águas, núcleo de cuidado das Águas e de soluções em pequena escala. É uma apaixonada pela vida, pela Natureza e, através da simplicidade, procura inspirar as pessoas para a comunhão com a Terra e a conexão com sua natureza interna e externa. Água é fluxo, é movimento, é informação e memória, é vida, é amor, através da consciência de que somos Água podemos trilha o caminho do autoconhecimento e da cura do planeta.