Por Leandro Junior (Comunidade Inkiri – Piracanga/BA)

“Tudo começou quando me perguntei: ‘Qual é o seu sonho mesmo, Leandro?’. E ali fiquei um tempo. Sem saber por onde começar, decidi perguntar a todas as pessoas que ia conhecendo qual era os sonhos delas. Desta forma, achei que me encontraria nas palavras de outras pessoas. E encontrei. Não o que estava procurando, mas um mundo totalmente novo para mim. Metaforicamente, foi mais ou menos isso que aconteceu em minha vida.

Após sair da faculdade, tinha uma vida dupla. Durante o expediente, trabalhava na área de tecnologia de um banco e, durante algumas noites e finais de semana, hospedava pessoas de todo mundo em casa pela plataforma Couchsurfing. Era uma troca cultural muito linda e diferente. Meus amigos do banco não entendiam muito bem essa confiança que tinha no ser humano, ao ponto de entregar a chave de casa para alguém que nunca tinha visto. Esses dois caminhos andavam bem, até que um dia senti que tinha que ser diferente. E assim saí pelo mundo, fui viajar.

Quatro anos depois, de muita descobertas, sonhos, empreendedorismo social e marketing digital, ainda sentia que faltava alguma coisa, mas não sabia o que era. Foi aí que encontrei Inkiri Piracanga. Um lugar mágico, que tinha tudo que precisava. Um lugar paradisíaco, pessoas que acreditam nos mesmos objetivos, natureza vibrante, autoconhecimento, um laboratório de sonhos para um novo mundo além da Leitura da Aura e interpretação de sonhos dormidos. Ou seja, muita magia concretizada. Tudo isso com uma internet que só melhora.

Aqui fiquei e me entreguei a essa Comunidade, a essa força do coletivo. Passados alguns meses, comecei a me dedicar aos estudos dos sonhos dormidos. Juntei um pouco da experiência que tinha com sonhos acordados e aprendi com a Angelina, fundadora de Piracanga, que os dois são complementares. Os sonhos acordados, nossos desejos mais profundos, nos levam para nossa missão, para o nosso propósito de vida, enquanto que os sonhos dormidos nos contam quem somos.

Aqui, costumamos fazer um paralelo: os sonhos dormidos são como mensagens de Whatsapp que nosso espírito nos manda. Uma conexão direta que temos com nosso eu interior, alma, como queira chamar. Todo dia temos a possibilidade de nos conectar com ele e saber mais sobre quem somos. Talvez não lembramos, mas com certeza todos sonhamos, todos os dias. E os pesadelos? Sabe aquele sonho que nos acorda às três da manhã e não nos deixa dormir? Ah, estes são seu espírito te fazendo uma ligação por não estar lendo as mensagens!

Desde que comecei a ser aprendiz dessa técnica tão transformadora, tinha um sonho de trazer pessoas para conhecer Inkiri Piracanga por meio do olhar dos sonhos. Conhecer esse laboratório vivo, inspirados pelo olhar sonhador de muitas pessoas que decidiram dedicar sua vida a um sonho coletivo. E ter um primeiro contato com a interpretação de sonhos na prática.

Foi aí que os Sonhadores de Sonhos nasceu. Junto com cada vivência, você conhece o sonho do facilitador e sua conexão com a atividade proposta. E assim, durante três dias, você vai conhecer muitos sonhos, a Comunidade Inkiri, muita energia boa, se limpar, energizar e reconhecer que talvez você seja muito mais sonhador e realizador do que imagina. Tendo contato todos os dias com a interpretação dos sonhos e suas conexões.

Assim como eu, que descobri tantos insights e ferramentas, você será capaz de ter um gostinho de muitas experiências para voltar renovado para realizar seus sonhos com muito mais força e inspiração!”

E aí, você se considera um sonhador? Clique aqui para saber mais sobre o Sonhadores de Sonhos. O próximo curso será realizado de 9 a 11 de agosto e as inscrições estão abertas!


Leandro Junior é formado em engenharia de computação pela USP, trabalhou em bancos e começou a pensar em seus sonhos genuínos quando morou por 10 meses na periferia de Calcutá, na Índia, e passou 8 meses viajando pela sudeste asiático. Desde então tem aprofundado seus estudos sobre os sonhos (tanto de dia quanto da noite). É membro da Comunidade Inkiri e trabalha com Marketing Digital e tecnologias do Instituto Inkiri.