Se você se interessa pela alimentação vegana, mas acha muito difícil e complicado preparar os pratos, prepare-se para se surpreender. Essa matéria vai te ajudar a dar um primeiro passo no veganismo e te mostrar como ter uma alimentação vegana simples e saborosa. Basta olhar com criatividade para os ingredientes que você já tem na sua casa, que o comum se transformará em extraordinário!

Alimentação vegana - o Crumble de Maçã é um dos pratos que fazem parte das receitas do Açaí do Mar Inkiri

Quando o assunto é alimentação, ainda somos muito presos a velhos hábitos e acabamos limitando a nossa criatividade. Para Zaida Sampayo, responsável pelo Açaí do Mar Inkiri, esse apego faz com que as pessoas busquem substitutos semelhantes aos produtos de origem animal que tiraram do seu cardápio. Assim passam a consumir produtos industrializados, como a “carne de soja”, a “mortadela vegetal”, “presunto”, “salsicha” enlatada, entre outras coisas. O problema em optar por esses industrializados é que, além de não serem tão nutritivos, eles ainda são um pouco caros e difíceis de encontrar. 

Nós não precisamos de muito esforço para ter uma alimentação vegana simples. “Nós já temos muitos ingredientes em casa, mas como nosso hábito é de usá-los para fazer pratos convencionais, não percebemos que eles podem ser utilizados de outras formas muito mais divertidas, simples de preparar e saborosas”, defende Zaida. “As receitas aqui do Açaí do Mar, por exemplo, são elaboradas com ingredientes comuns, mas que a gente sempre propõe uma maneira diferente de serem apresentados”, explica. Para descobrir novos pratos com os mesmo ingredientes, basta explorar novos temperos e modos de preparo.

Outra prática muito comum em Inkiri Piracanga é transformar um prato na base para outro. Isso é algo simples e extremamente prático para quem não quer repetir o cardápio, mas está sem tempo para cozinhar algo do zero. Confira alguns exemplos que fazemos:

  • Arroz, feijão e farofa poder virar um hambúrguer
  • Grãos podem ser amassados e virar a massa de tortas e quiches
  • Bolo vira pavê e também vira cookies
  • Legumes cozidos ou refogados podem ser batidos e virar sopa

Percebe como ingredientes que são básicos podem ser transformados em coisas muito mais atrativas tanto para vegetarianos e veganos quanto para famílias que pretendem modificar seus hábitos alimentares? Ninguém precisa viver só de salada ou pratos exóticos! Essas novas formas de apresentar os mesmos ingredientes trazem simplicidade, variedade, saúde e economia para a nossa vida.

Brincando com os sabores e reaproveitando alimentos

Alimentação vegana - Hambúrguer de feijão e catchup caseiro

Valorizar o reaproveitamento dos alimentos é uma forma super prática de ter uma alimentação consciente. “Você não precisa ter um conhecimento prévio ou ser um chef para fazer um delicioso catchup caseiro ou um queijo vegano, por exemplo. Provavelmente você já vai ter os ingredientes em casa ou eles serão muito fáceis de encontrar em qualquer supermercado. Basta sair da rotina e brincar com os sabores”, diz Zaida.

Reaproveitar a refeição principal no lanche da tarde é um ótimo começo para quem está entrando nesse universo. Os pratos feitos na hora do almoço podem ser transformados em lanchinhos da tarde, na forma de pastinhas, recheios ou até refeições completas.

Alimentação vegana com um toque pessoal

De acordo com Zaida, você só precisa partir de uma base nutritiva e acrescentar o seu toque pessoal. “É importante que você possa ir além do convencional”. As receitas são ótimas para instruir, mas também podem ser vistas como uma fonte de inspiração para nossa criatividade. Comece aos poucos a criar as suas próprias combinações e divirta-se com essa alquimia. Todo mundo consegue ter uma alimentação vegana simples e gostosa.

Veja um exemplo bem simples:

RECEITA DE PASTINHA DE CENOURA

Ingredientes:

  • 1 Cenoura ralada ou picada
  • 1 Dente de alho
  • 1 Suco de limão
  • 3 colheres de azeite
  • 1 pitada de sal
  • 1 pitada de pimenta do reino
  • 1 copo de água

Preparo:

Bata tudo no liquidificador até emulsionar e pronto. Pronto!

Alimentação vegana – Grupo aprende a fazer Coxinha de Jaca em oficina no Açaí do Mar Inkiri

Viu como é fácil? Essa receita é a base de muitas outras. Você também pode substituir a cenoura por beterraba, brócolis, couve-flor, azeitona, milho, etc. Essas pastinhas são fantásticas para passar no pão, rechear uma tapioca, usar como molho de salada ou acompanhamento de um prato principal. Além de ter muitas variações, ela também combina com qualquer refeição, do café da manhã ao jantar.

“As pessoas que visitam o Açaí do Mar Inkiri ficam surpresas com a facilidade e a leveza do trabalho para se fazer algo delicioso, como uma coxinha de jaca, por exemplo. Não é difícil! É só se animar a fazer. Solte o controle do ‘o que combina com quê’. Se você gosta, combina. No fim das contas, é isso”, conclui Zaida.


Quer saber mais sobre as receitas simples e saborosas do Açaí do Mar Inkiri de graça?

 


9 comments to “Alimentação vegana simples e divertida

  1. Sim, Lorena! A alimentação vegetariana estrita, popularmente chamada de vegana, é feita de tudo aquilo que não tem origem nos animais. Poder, a gente pode tudo! Inclusive fazer escolhas que contribuam para o fim do sofrimento no planeta 😉

  2. VOU TENTAR SER VEGANO E NÃO COMER MAIS CARNES,MAS GOSTARIA DE DICAS DE BONS LIVROS DE RECEITAS SIMPLES! E SE O VEGANO CONSOME OVOS?

  3. Oi, Amarildo! A alimentação vegana (“vegetariana estrita”) inclui somente produtos que não sejam de origem animal, então ovos estariam excluídos (mas fazem parte da alimentação vegetariana, sim (não vegana). Existem muitos livros bacanas, como por exemplo os do dr. Eric Slywitch =)

Comments are closed.