Inkiri Piracanga sediou no dia 21 de novembro um encontro de educadores focados em construir uma nova Educação. No evento, as educadoras Georgya Corrêa, da escola Teia Multicultural (SP), e Cynthia Ferrari, do Awaken Love Action, apresentaram o autoconhecimento como um dos pilares para uma nova Educação.

Como anfitriã, a Escola Inkiri convidou os educadores parceiros da região da Península de Maraú com o intuito de propagar as iniciativas apresentadas pelas palestrantes.

Georgya falou sobre a experiência da Teia Multicultural, instituição de ensino que é referência entre as escolas inovadoras indicadas pelo MEC (Ministério da Educação) e que faz parte de um grupo de 23 escolas no mundo consideradas inovadoras pelo Edumission. Agora, caso a escola esteja entre as três finalistas do Edumission, irá apresentar suas propostas em Cambridge em janeiro de 2018 e poderá assumir uma cadeira no MEC.

“Em nossa escola, trabalhamos por projetos. O método por projetos é interessante porque dá muita liberdade e permite que os alunos vivam a experiência enquanto aprendem”, explicou Georgya. “Assim, ele registra o que aprendeu em sua memória de médio e longo prazo e leva esse aprendizado para a vida”, completou.

Cynthia demonstrou como as ferramentas de autoconhecimento podem auxiliar os educadores a repensar e modificar as formas como têm se relacionado com as crianças.

“Nosso trabalho não é entregar receitas prontas, mas é uma tentativa de facilitar as relações humanas a partir de habilidades sócio-emocionais”, disse. “Desta maneira, o Action estimula as transformações internas nos educadores”.

A educadora exemplificou com o caso de um funcionário da manutenção de uma escola que se descobriu contador de histórias. Assim, ele transformou sua própria vida e passou a atuar mais ativamente no processo educacional das crianças. Cynthia também lembrou do reconhecimento muito pessoal de uma professora. “Ao se auto-investigar, ela descobriu que sempre agia para agradar os outros e que estava repassando esses valores às crianças, contribuindo para a perda da espontaneidade delas”.

Educação consciente

Para Karina Clark, da Escola Inkiri, o evento trabalhou principalmente a união entre as pessoas que estão buscando uma nova forma para uma educação mais consciente. “Para que isso seja possível, precisamos envolver todos os núcleos de Educação, tanto a Educação pública quanto a particular “.

Karina afirma que a participação dos educadores da região é muito importante tanto pela parte prática – hoje a Escola Inkiri tem um convênio com a Secretaria Municipal de Educação de Maraú. “A outra parte é quanto ao sentimento que a gente tem, como educadores aqui da Escola Inkiri, de que a educação não pode ficar restrita só a nossa comunidade, ao nosso espaço aqui de Piracanga. Consideramos realmente importante levar isso para o mundo e esse canal com a escola pública aqui da região é esse primeiro passo”, explica.

Sobre o que foi apresentado na palestra, Karina comemora: “Estamos muito alinhados e já percorremos um caminho muito parecido. Encontramos muitos pontos que a gente já faz, muitos dispositivos pedagógicos, como assembleia, autoavaliação, trabalho por projetos. Há outras coisas que a gente não faz e que foi muito legal aprender com elas, como é o caso da instalação, essa apresentação de tudo o que as crianças produziram para os pais”.

Participe da votação pública

A Teia Multicultural está participando da votação pública do Edumission para selecionar 3 das 22 escolas mais inovadoras do mundo. As escolhidas vão apresentar suas propostas em Cambridge. Caso haja uma escola brasileira entre as finalistas, o MEC vai abrir a possibilidade para esta escola participar das decisões do ministério.

Para conhecer a Teia Multicultural, acesse teiamulticultural.com.br. Se você sentir vontade de colaborar com representantes conscientes e amorosos para a nossa educação, vote neste link.



Um comentário a “Uma nova Educação começa pelo autoconhecimento

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *