img_6110
Momento de muita comemoração na equipe!

No dia primeiro de outubro a galera de Piracanga e do Caubi (povoado localizado aqui pertinho) se uniu para jogar! Num clima de muita diversão, harmonia e risadas, os participantes divididos em quatro times brincaram de corrida, pique bandeira e queimada.

img_5688img_5685
 

 

 

 

img_5687    img_5682

Às nove horas da manhã do sábado, com o som alto e muita energia para acordar toda a ecovila, as crianças já aguardavam na Escola Inkiri, onde foi a concentração das olimpíadas. Dali seguiram para as atividades que se concentraram no rio e na praia.

img_5765

Santiago Lingurini organizou o evento juntamente com as crianças da Escola Inkiri e nos contou um pouco sobre como materializou esse sonho: “Uma vez numa vivência sobre os propósitos de vida, veio muito forte para mim a palavra “brincadeira”, em espanhol “juego”. Realmente uma coisa que bate muito comigo, com minha alegria, é a minha essência. Os espaços de maior felicidade na minha vida sempre estiveram nos jogos e acampamentos, onde eu encontro muito entusiasmo”.

img_6162
Santiago anunciando o resultado da primeira etapa das olimpíadas!

As Olimpíadas fazem parte de um projeto em desenvolvimento com as crianças da Escola Inkiri, em que pessoas que moram em Piracanga podem oferecer seus dons e talentos na Escola. Com essa atividade, além de se divertirem, elas aprenderam a criar um evento como este. Santiago começou seu trabalho corporal na Escola Inkiri há mais ou menos um mês, onde compartilha brincadeiras populares e esportes com as crianças, com um viés espiritual, terapêutico, de muita consciência e atenção aos conflitos que possam vir a surgir.

“Entrar na Escola Inkiri fez com que eu me conectasse com a minha infância e quando compartilhei o meu sonho de fazer as olimpíadas as crianças adoraram e em duas semanas aconteceu! A ideia era que eu fizesse o mínimo possível para que as crianças pudessem se organizar. Elas criaram as tintas para pintar o rosto, fizeram a divisão dos times e escolheram os jogos”.

Sofia Diez Ganduglia, uma das alunas da Escola Inkiri, nos contou o que achou desse dia: “O que eu mais gostei foi de trabalhar em equipe, todos juntos, nunca vi tanta gente junto. E também acontece que quando uma pessoa não sabe fazer a coisa que a gente quer, ficamos chateados.”

img_6073
Hora da queimada.

Foi um dia incrível de muita interação e união. Os prêmios foram doações dos Projetos Inkiri e dos moradores da ecovila que se disponibilizaram para premiar os participantes. Foram muitos os que se envolveram na organização, antes, durante e depois, e graças a essa união o evento foi tão lindo e gerou tanta alegria para todo mundo.

E essa foi só a primeira etapa das olimpíadas, outras estão por vir. Mês que vem tem mais!

 


2 comments to “Olímpiadas em Piracanga: todo mundo voltou a ser criança!

  1. fui na rio 16 e acredito que esta olimpíada foi fruto deste espirito
    Com o especial cenário e astral de piracanga somado a jogar em grupo os resultados não podiam ser outro.foi lindo.divertido e inesquecível.viva !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *