FNC_5748Entre os dias 9 e 17 de julho, aconteceu em Piracanga mais um Festival de Leitura de Aura. Quase 100 pessoas de diversos lugares, entre participantes e professores, unidas num mesmo propósito de autoconhecimento para se conectarem consigo mesmas, com a intuição e o coração estiveram presentes neste movimento de muita energia, celebração e espiritualidade.

Este foi o primeiro festival desta fase de realinhamento da Escola de Leitura de Aura das Rosas que começou no segundo semestre de 2015. O objetivo do movimento tem sido trazer cada vez mais responsabilidade e consciência para o uso desta ferramenta de autoconhecimento que é a Leitura de Aura.

Aqui, trazemos o depoimento de Mariana Orlandini, que passou pela experiência de um programa de imersão e voltou a Piracanga para trabalhar conosco no Projeto de Comunicação da Comunidade Inkiri. Entre uma coisa e outra, ela respirou fundo, tomou coragem e se entregou à experiência do Retiro de Leitura de Aura – Nível 1 durante o festival para movimentar tudo dentro de si!

FNC_6570

“Faz mais ou menos três anos que sei da existência de Piracanga, mas somente este ano resolvi vir e trilhar o caminho do autoconhecimento para poder saber quem eu sou e me curar. Em abril, comecei a Escola de Serviço, que é um projeto de imersão na vida em comunidade, com o objetivo de servir desinteressadamente e resgatar a compaixão e o amor dentro de nós. Tivemos lindas vivências que ao longo do tempo despertaram muitas coisas dentro de mim, e umas delas foi de enraizar e ir mais profundo em tudo que esse lugar mágico me mostrou. Foi assim que decidi morar por mais um tempo e inaugurar minha temporada em Piracanga com o Aura 1.

O curso de Leitura de Aura foi um mergulho em mim mesma, dias em águas claras, outros em águas escuras, mas sempre com muita confiança de que eu poderia me jogar sem medo da entrega pois eu sentia que estava muito bem protegida. O retiro não era algo tão desconhecido para mim por já estar em contato com a energia de Piracanga desde a Escola de Serviço, mas havia muita curiosidade em saber como seria a minha experiência com a leitura e com as sombras com que eu iria me deparar.

A cada dia, picos de êxtase e angústia, tristeza com tantos programas que identifiquei que me limitam de brilhar e me impedem de me unir ao outro, mas também a alegria de poder reconhecê-los e ter a possibilidade de me curar.

Por estarmos dentro do festival, dava para sentir que a energia da Leitura de Aura estava muito mais fortalecida. Tivemos a oportunidade de conhecer todos os facilitadores dos quatro retiros e trocarmos experiências em vivências e palestras. Em determinados momentos, nos juntávamos com os demais níveis e, todos os dias pela manhã, participávamos das meditações e as danças circulares todos juntos.

Embarquei nessa viagem sem planejamento, roteiro e qualquer rota de fuga. Sem amortecimento, chocolates e WhatsApp. Somente eu, eu mesma, meu ego, minha vítima, criança ferida e mais 55 espelhos que por todos esses dias me acompanharam nessa imersão tão linda no caminho em direção à luz.

Sobrevivemos e eu, assim como muitos desses espelhos, já sentimos de seguir para o passo dois. Os passos são muitos e o caminho longo, talvez uma vida toda, porém com recompensas impagáveis e uma gratidão que não cabe no peito.”

Este foi o depoimento da Mari, mas a Escola de Leitura de Aura não para. Entre os dias 13 e 21 de agosto, teremos mais uma edição do Retiro de Leitura de Aura – Nível 1. Para saber mais, clique aqui!

FNC_5777-2


Um comentário a “Festival movimenta Leitura de Aura em Piracanga

  1. Nossa que maravilha, minha sobrinha Mariana cada dia que passa nós mostra a felicidade que é esse lugar, muito bom saber que vc está Feliz!!! Felicidades que Deus possa abençoar ainda mais a sua vida minha Linda. A tia Lê está super orgulhosa de vc.bjs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *