Os Unis, como são chamados carinhosamente os participantes da Universidade Viva Inkiri, já se instalaram na Aldeia Universitária de Piracanga para o primeiro trimestre de 2016. Ao todo, são 29 jovens de todos os cantos do Brasil dispostos a compartilhar experiências e caminhar juntos em busca de evolução espiritual. Em geral, eles buscam no contato com a natureza a clareza para descobrir o que faz seu coração bater mais forte numa experiência única de imersão em Piracanga.

Os unis reunidos em frente à aldeia universitária

A primeira quinzena se passou e com ela muitos aprendizados sobre o funcionamento da Aldeia Universitária. Como usar e limpar os banheiros secos e sua importância para a fertilidade da terra, como dividir a comida e usar a cozinha compartilhada e, é claro, como lidar com os queridos insetos e animais que vivem por lá.

Alê e sua mandioca.
Alê e sua mandioca.

“Minha adaptação está sendo bem difícil porque nunca morei longe da minha mãe. Além disso nunca tive em contato com a natureza como aqui, apesar de morar em Uberaba, MG. Sempre tive tudo de mão beijada e agora tenho que limpar meu quarto, lavar minha roupa e fazer minha comida. Apesar de tudo, estou começando a gostar da forma de viver em Piracanga e pensando em ficar mais tempo por aqui,” diz Emily Faria de 24 anos.

Emily #gratidao2016
Emily #gratidao2016

Já Lucas de Andrade, 21 anos, sente a adaptação de outra maneira: “Desde o primeiro dia tudo tem sido bem tranquilo, o trabalho com a prática espiritual está agregando valores que possibilitam minha evolução e desenvolvimento pessoal.”

Foto4
Luquinhas 🙂

“Quando cheguei as coisas estavam meio estranhas, estava me sentindo deslocada em relação às atividades. Aos poucos, fui reconhecendo as maravilhas deste lugar, iniciei meu serviço nos projetos que mais gostei e isso me animou muito. Ainda não me identifico com as atividades espirituais, mas criei uma prática espiritual de observar o mar e isso me tranquiliza,” compartilha Ana Mantegari, 20 anos.

Aninha pouco antes de iniciar o almoço.
Aninha pouco antes de iniciar o almoço.

A rotina começa a tomar forma e os Unis já integram os projetos disponíveis para servir. A Cozinha Alquimia e a Escola da Natureza são os mais requisitados, mas há quem prefira o Espaço Cultural das Rosas ou o Gran Circo Vagalume. Além das atividades diárias, estão programadas para as próximas semanas vários cursos e retiros, como a Meditação das Rosas e a Leitura de Aura.

Para quem quiser ficar por dentro do diário de bordo dos universitários pode acompanhá-los pela página da Universidade Viva Inkiri no Facebook.

A Universidade Viva Inkiri é um projeto da comunidade de Piracanga que integra jovens, entre 18 e 28 anos, para que possam experienciar a vida comunitária e trilhar um caminho para dentro de si. Para mais informações acesse a página do projeto.

Ou também por email: universidadevivainkiri@gmail.com


6 comments to “Chegam os integrantes da nova turma da Universidade Viva Inkiri

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *