A Casa Inkiri, nosso banco comunitário, é o projeto responsável por fortalecer a economia local da comunidade. Ela administra todos os fundos dos projetos comunitários, intermedeia as transações entre os projetos e administra a moeda Inkiri, a nossa moeda local e complementar ao Real. Além disso, a Casa Inkiri apoia a criação de novos projetos e fortalece os que já existem.

O papel do banco comunitário é atuar no sentido de não incentivar o acúmulo de dinheiro e sim sua circulação, apoiando os projetos que vão beneficiar mais a comunidade e a economia local. Isso é diferente de um banco comum, que canaliza o dinheiro somente para projetos que vão gerar mais dinheiro, independente do impacto que a atividade terá na sociedade e no meio ambiente.

Equilíbrio, Simplicidade e Beleza

A maior diferença entre o banco comunitário para o banco comum está na visão e no propósito. Aqui, nós acreditamos que mais nem sempre é melhor, e que fortalecer a economia local não é sinônimo de produzir mais. Enxergamos nossa economia local como uma linda floresta, onde cada projeto é uma árvore, que cresce só até atingir o tamanho necessário, e que a diversidade é tão importante quanto o equilíbrio, a simplicidade e a beleza.

 

Para nós, uma economia local deve ser a mais diversa possível, que respeite as relações humanas, os dons e talentos de cada um e principalmente a natureza.

Neste sentido, a Casa Inkiri trabalha para deixar o solo de nossa floresta de projetos cada vez mais fértil, e para que novos projetos cresçam e se desenvolvam com mais facilidade e que os projetos atuais possam se fortalecer o quanto for necessário.


Conheça os segredos por trás da Moeda Inkiri