IMG_0568Coxinhas!!! dificilmente você vai conseguir dizer não a essa iguaria da culinária brasileira. Aqui em Piracanga, elas são veganas e fazem o maior sucesso no Espaço Açaí do Mar. Conheça a receita e todos os truques dessa delícia!

QIMG_0042uem já veio a Piracanga com certeza conhece o Espaço Açaí do Mar, um projeto dos jovens que virou um ponto de encontro no fim da manhã e no fim da tarde. Todos os dias eles criam doces e salgados veganos, mas tem um desses salgados que chegam a causar fila no Açaí: a coxinha vegana de jaca. Para quem torce o nariz só de ouvir falar, não sabe o que está perdendo.

As jacas vem do Caubí, povoado pertinho de Piracanga, e quem traz e prepara tudo é a Dai, nossa alquimista de mão cheia!

Primeiro, vamos aos ingredientes, não são muitos, mas cada um tem seu papel! Essa receita rende em torno de 25 coxinhas bem servidas (ai que delícia!)

IMG_0045

Para a massa da coxinha:

  • 1kg de farinha de trigo
  • 1copo americano de óleo
  • 500 ml de água
  • Sal a gosto
  • 5 batatas
  • 1 cebola

Para o recheio, vamos usar:

  • 1 jaca verde
  • 3 tomates
  • 1 cebola
  • 3 dentes de alho
  • 1 pimentão
  • Fio de azeite para refogar
  • Salsinha, cúrcuma e sal a gosto.

Pra fazer as coxinhas é preciso separar algumas horinhas do seu dia, pois elas requerem muita dedicação.

Antes de mais nada, corte a jaca verde em pedaços grandes e coloque numa panela de pressão coberta por água pra cozinhar durante uns 30 minutos depois que pegar a pressão.

Enquanto isso, você descasca as batatas e põe para cozinhar até conseguir espetar com um garfo com facilidade. Coloque as batatas cozidas no liquidificador com uma cebola descascada para transformar num purê. Leve o purê de volta à panela, adicione o copo de óleo, 500 ml de água, sal a gosto e deixe ferver. Ao ferver, adicione a farinha aos poucos e mexa até começar a soltar do fundo.

De volta a panela de pressão, a jaca deve estar soltinha e escura como na foto abaixo. Dispense os caroços e retire toda a “carne” perto da casca pra desfiar e picar. Comece a refogar a cebola no azeite, depois o alho, o pimentão, o tomate, sal a gosto e cúrcuma, e então adicione a jaca desfiada (confia, vai dar certo!)

IMG_0047IMG_0043

Pra montar é simples! Basta fazer um disco de massa na mão e colocar uma colher de sopa do recheio.

IMG_0048

Feche como uma trouxinha e modele até formar a pontinha. Agora é hora do carinho!

IMG_0049 IMG_0050

Depois que elas estiverem prontas, você umedece as coxinhas com água e empana na farinha de mandioca.

Agora você pode escolher fazer as coxinhas fritas ou assadas.

Para fritar, é só aquecer óleo numa panela e mergulhar as coxinhas no óleo quente. Retire quando elas estiverem douradinhas e crocantes. Para assar, preaqueça o forno em fogo alto, distribua as coxinhas numa assadeira e coloque para assar por 20-30 minutos (pode variar de acordo com o forno)

Vale a pena toda a dedicação, o resultado é delicioso e fica assim, ó:

coxinha 3

Bom Apetite!

___________________________________________________________________________________________________________

Se você ainda não conhece o nosso projeto, clique abaixo e contribua para a criação do nosso sonho!

arte3


4 comments to “As coxinhas veganas que estão enlouquecendo Piracanga

  1. Valeu pela deliciosa receita. Adoro jaca de todas as maneiras!!! Faço também, além de escondidinho de jaca, tortas sem glúten e moqueca! Fica tudo maravilhoso!!!

  2. Estive aí em fevereiro e comi essa coxinha, é uma verdadeira delícia!!!! Uma doação divulgar essa receita! Obrigada!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *